5 de abr de 2012

ESCREVI QDO ACHEI QUE IA ME SEPARAR.

Eu deixei ele ir.
Nem fiz questão de muitas explicações.
Tem coisas na vida que é melhor deixar assim... no vácuo.
Foi-se. Acabou.
Não sei exatamente como ocupar esse vazio. 
Aliás nem sei se é vazio isso que eu sinto. 
Sempre fui muito desapegada. 
Pratico o tal "desapego" desde que nasci. 
Exceto com sapatos... 
Não há espaço sobrando no meu guarda roupas. 
Nem há vaga extra na minha garagem. 
Nunca compartilhamos essas coisas. 
Nunca mesmo.
Nunca houve essa coisa de "escovas de dente" lado a lado. 
Havia um pacto. 
Juntos. Apenas juntos.
Acho que seguirei indo na mesma padaria em que tomamos café por longos anos. 
Sei lá se seguirei mantendo contato com a família que considerei minha toda essa vida juntos. 
Cedo demais para a agenda de amanhã.. penso eu. 
Agora é tratar de colocar band aid nos pequenos e invisíveis cortes que ficaram aqui na alma. 
Vou certamente querer pintar meu cabelo. 
Mudar um pouco o estilo.
Quem sabe sair e beber. 
Não hoje...
Nem amanhã...
Ainda é cedo para organizar a agenda do meu EU separado de ti. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by YummyLolly.com