16 de dez de 2011

Calendário Lizzandrístico

Olá,

Depois de muito estudo e profundas reflexões reorganizei minha vida ao calendário "perfeito".

Segue [é esta a ordem mesmo, não impliquem! Grata!]:


  1. Julho: O ano começa com muito frio, chuva, aniver fofo da Tôni, roupas quentinhas e elegantes, vinhos deliciosos, pizzas tostadinhas no forno à lenha, chás ao entardecer... Inclui aqui os feriados de outubro e novembro: Dia 02 [finados], 12 [Nossa Sra. Aparecida - Padroeira do Brasil], 15 [Proclamação da República]. 
  2. Junho: Este mês começa a partir do dia 15. Vamos as explicações: 12/06 - Dia dos Namorados - Dia internacionalmente conhecido como o Dia Mundial das Filas de Motel e Restaurantes baratos. Dia dos Melequentos. Dia Nacional dos "tô nem ae pra namorado!", o famoso Dia do "Sou Feliz Sozinho, Buáááá!". Dia 13/06 Dia do aniversário do meu papy que se foi... [não vou explicar!]. Começa Dia 15 e pronto... Dia 24/06 é Aniversário da minha filha!! o/ Eba!!! 
  3. Março: Fica no lugar de sempre com a temperatura de sempre, com a mesmice de sempre, com a chatice e movimentação de sempre! Não decidi ainda se SUMO com Março ou tolero ele como tolero a segunda feira.
  4. Dezembro: Mudei o Natal pelo Dia das Mães. É isso mesmo. Em dezembro NÃO tem Natal. Dezembro fica assim mesmo... como o 4º mês do ano com a temperatura de Abril. Tá mais do que bom. 
  5. Outubro: Outro mês sem serventia. Decidam vocês o que vão fazer com ele pq os feriados deste mês transferi para Julho. 
  6. Novembro: Idem Outubro.
  7. Janeiro: Fiz uma pequena correção no Universo e este mês passa a ser o Mês mais incrível do Calendário Lizzandrístico: É O MÊS DAS LIQUIDAÇÕES! Tudo para comemorar meu aniversário. Saliento que a temperatura do dito foi "mesclada" com Abril e Maio o que torna o bate perna atrás das promo muito mais legal!
  8. Maio: Mês dos Dias Comemorativos sem feriados que só frustram a gente. Transferi para este mês os dias: Das Vós, da Mulher, do Pedreiro, do Contador, da Secretária, do Político, Dia da Lei do Ventre Livre, da Prisão de Ventre, enfim de todos os outros 9856587295485 dias comemorativos do ano! 
  9. Abril: Mês Internacional dos Sapatos Lindos. Sim minhas amigas... neste mês você comprará sapatos sonhados a preços convidativos... Sem contar que decidi que este é o Mês do Pagamento Adicional Anual, mês em que você por justiça divina receberá 4 x o valor do seu salário para poder pagar o Cartão de Crédito com as compras de Janeiro.
  10. Fevereiro e Agosto: Juntei os dois por dois simples motivos: Fevereiro é uma bosta e Agosto mês do Desgosto. FIM.  
  11. Setembro: Mês Nacional das Marchas. Para fechar o ano nada melhor do que o mês das tragédias prá fazer Marcha em prol de um monte de merda que tem no mundo. 
Era isso.

Acho justo. 



30 de nov de 2011

Sigo sem me importar!


Tem dias que nem a chuva lava a sujeira do que pensamos.
Tem dias que nós não toleramos nossos pensamentos.
Tenho medos e incertezas de um dia decifrar cada uma de minhas vontades.
Cada um dos meus sonhos.
O brilho da incerteza e do desconhecido é justamente a incógnita.
Não há pressa em lavar alma...
O corpo se encarrega de crucificar cada partícula dela.
Nem me cabe implorar por respostas daquilo que sabemos jamais nos revelarão.
Besteira tentar.
Sigo sem me importar.
3 de nov de 2011

Bela Porcaria...

Quanto longe alguém pode ir?
Até que ponto alguém consegue fugir?
Aonde se esconde?
De quem?
Para quem?
E seguir? Quanto alguém consegue persistir em um novo caminho? 
O que motiva?

Eu cansei...
Sinceramente eu tentei. 
Fugir. 
Tentei sorrir sem olhar para os lados.
Ninguém me acompanhou.
Ninguém. 
Segui um tempo sozinha. 
Olhei para trás. Para os lados. 
A esperança era de seguissem comigo. 
Sorrissem comigo. 

NADA. 

Ninguém. 
Quando percebi estava no ponto de partida. 
Não notei... mas me mantive "inteira" no mesmo lugar. 
Um pesadelo ou sonho?
Estava no mesmo casulo de onde nunca ninguém ousou me tirar. 
Intacta. 
A mesma Lizzandra de sempre. 
A mulher, mãe, avó, filha... esposa!
Então era isso, pensei... Era isso que a ousadia de fugir poderia me proporcionar?
Bela porcaria, conclui!!!

Espero que eu siga assim. 
Que nada nem ninguém ouse me tirar deste ponto de partida. 
Quero minha vida "exatamente" como sempre foi.
Nada de surpresas. 
Minha paz ainda é preciosa!





6 de out de 2011

Oi. Eu Voltei.

Eu voltei a escrever.
Voltei a fazer um monte de coisas.
Voltei a acreditar.
Voltei a pensar no futuro.
Voltei a acreditar mais em mim.
Na minha história.
Eu voltei a escrever sobre mim.
Não mais sobre histórias que me contam.
Vidas que nao conheço.
Pessoas que não conheço.
Voltei a olhar para mim.
Voltei a caminhar o caminho da minha vida.
E sabem bem como são os retornos.
Cheios de nostalgia.
Dor.
Alegrias.
Mas voltei.
Não quero me perder por ae de novo.
Quero seguir.
Tão triste ver que você foi ali e que de nada valeu.
Voltar.
Eu então decidi voltar.
Com mais força.
Mais garra.
Mais vontade de ser feliz.
Andei triste.
Obscura.
Me deixaram assim.
Mas eu voltei.
Fiquei me achando pequena.
Pouco.
Vazia.
E então decidi voltar.

Oi. Eu voltei.
23 de set de 2011

Conversa Informal

Oi,
Quanto tempo!
Sei que ando em dívida contigo... sabe como é a vida.. corrida.. trabalho.. filhos..
Não há mais tempo para nada. Não.. não estou dizendo que você é "nada!".. não me interprete mal.
Quis dizer que não há mais espaço para algumas coisas na vida...
POR FAVOR! Não faça essa cara... não lhe chamei de "COISAS".
Na verdade nao tenho palavras para desculpar minha ausência e falta de interesse com você.
Ok. Assumo: falei "falta de interesse"! A gente perde interesse nesta vida... humpf!
Como? Desculpa nao entendi... Pode ser mais claro?
Ligar? Pq não ligo eventualmente para saber de você, da sua família, do seu cachorro?
Não me diga que você comprou um cachorro?
Oi? Você faz parte da ONG Defensoras dos Animais e não concorda com a compra de cachorros? Prefere adoção?
Hummmmm...
É tem razão... poderia ter ligado mesmo... sabe como é...
Mas você também não me ligou, nem para saber da minha pressão alta.
Sim.. estou com a pressão alta!
Não... não... Não pretendo morrer antes da Copa! [risos]
Então tá... Nos falamos... Bom te ver...
Beijo para "esposa"!
Oi? Você se separou? Tá "solto no mundo"? Tá fazendo até academia?
Pode me passar teu celular de novo é que eu perdi minha agenda quando deixei o "chip" no outro aparelho...
7 de set de 2011

A Amizade Orkutizou

Fui chamada de "Amiga Especial".
Sim.
Agora é oficial.
"Amizade especial" ????
Oi???
O que você quis dizer exatamente com isso???
Quem me conhece bem de perto sabe que não confio nas pessoas.
Não acredito na sua sinceridade e falta de interesse.
Já me disseram, inclusive, que isso é um espelho de "como eu sou"... Ok. Tudo bem..
Não acredito em "amizade".
Não sou radical.
Sou apenas racional. E, claro, humana.
Nas relações humanas há interesses.
Esqueçam, por favor, o comparativo "interesse = dinheiro".
Não é disso que eu falo.
Os interesses passam meramente pela troca de experiências/energias ou literal e incontestavelmente pela inveja.

Eu sei..
Tem todo o Blá Blá Blá sobre Amizade:

"A amizade é uma predisposição recíproca que torna dois seres igualmente zelosos pela felicidade um do outro." Quem disse isso "dizem" foi Platão...

Seguinte Platão.. onde encontramos seres "igualmente" zelosos hoje em dia??? Hein?

Amigos riem,
Choram.
Trocam coisas.
Brincam.
Brigam.
Amigos "ouvem".
Falam.
Silenciam.
Xingam.
E até gritam.
Amigos invadem.
Compartilham.

E amigos também decepcionam, agridem...

Ser chamada de "amiga especial" é quase um tiro no meio da minha testa.

Algo como dizer: Olá, tudo bem? Só para te avisar VOCÊ TEM INTERESSES e um dia pode me decepcionar!

Já escrevi aqui que prefiro ter "parceiros de vida" à amigos...


Amigos para sempre? Fuen Fuen Fuen...

A Amizade "orkutizou".

21 de ago de 2011

9 Crimes

Corra guria.
Saia já deste ponto da vida.
Avance casas neste jogo.
Esqueça os dados.
As "cartas marcadas".
Corra guria.
Não sucumba nem desista...
Haja com coragem.
Olhe somente para frente.
Não carregue consigo quem não queira correr.
Não se alie aquele que desistiu ha muito de jogar...
Não carregue "peso".
Siga.
Esqueça as placas.

Os sinais.
Corra "riscos".
Corra guria...
A vida é uma longa estrada.
Um jogo sem ganhadores.
Não perca o foco.
Você deixou há muito o ponto de partida.
Avance.
Não olhe para trás. Nem para os lados.
Apenas ganhe fôlego!
Respire.

Não há tempo a perder. Não há tempo passado. Só tempo futuro.
Pedras são pedras. Pule!
Não há pódio. Esqueça as glórias.
A vitória esta em seguir sem desistir.
Apenas corra guria...
Não canse.
Não canse.

12 de ago de 2011

E to nem ae.. se não entenderam o que escrevi

Anjo meu.. me proteja. Amém.

Eu diria que precisa ser muito macho para ser eu.. não fosse eu uma mulher corporativista.
Cada coisa que eu passo nesta vida sem que ao menos me peçam licença...
Não ... não é [de novo!] uma queixa... De forma alguma!
Sou feliz e bem de vida ao meu modo!
Apenas não entendo pq qdo tudo poderia ser "simples assim" é confuso demais...
Já disse nao é? Que "poderia" não "é"?
Pois é...
Você tem arma?
Você tem medo de mim?
Você me controla?
Você me ama?
Você me odeia?
Você me critica?
Você me admira?
Você me inveja?
Você me busca?
Você me segue?
Você me ignora?
Você me prende?

Você me apavora!
Você me confunde!
Você me sustenta!
Você me acalenta!
Você me completa!
Você me surpreende!
Você me intriga!
Você me abraça!
Você me afasta!
Você me irrita!
Você me anima!
Você me ALEGRA!
Você me entristece!

Todos estes "você´s" não representam uma única pessoa...
Representam o mundo que eu "criei" e agora nao sei o que fazer com ele...
Aliás.. sei.. pena que não depende só de mim..
O mundo na verdade é voluntarioso.. decide sozinho o que a vida deve ser.. e para onde deve seguir.

E to nem ae.. se não entenderam o que escrevi.

Bj.



5 de ago de 2011

Logo passa e volto a sorrir.

Não sou imprevisível.
Sou tecnicamente o que poderiam chamar de "preto no branco"!
Quantas vezes já escrevi aqui que se me sinto ameaçada a primeira reação é me isolar?
Quantas vezes já expliquei que se algo me impede de ser feliz automaticamente me sinto mal/oprimida?
Quantas vezes já disse que sou  tão humana que posso machucar se insistirem em me consolar / cuidar / proteger?
Sou tão independente que não posso admitir auxílio .. nem voz mansa me dizendo que tudo ficará bem..
Só fica bem quando "eu sinto que esta bem.."
Não adianta gastar o latim comigo tentando me convencer de que "quem ama quer estar próximo"..
Próximo sim.. mas pode ser um próximo tipo longe uns 100 mts?
Gosto de me sentir sozinha para pensar.. refletir.. organizar idéias.
Ou mesmo me punir sem platéia.
Não sintam-se excluidos do meu processo de auto flagelo.
Logo passa e volto a sorrir.

3 de ago de 2011

me ofereça a verdade que serei mais feliz...

eu facilmente me sinto ameaçada. rejeitada.
é da minha natureza a defesa.
às vezes minhas garras arranham tão profundamente que as marcas nca mais deixam de existir.
não tolero que as´pessoas "me tolerem".
não costumo conviver bem com quem visivelmente nutre um interesse confuso por mim.
não tolero hipocrisia.
nem falsos moralismos.
nem palavras soltas.
a alma humana pode abrigar deus e o diabo.
e atrevo-me a dizer que ambos convivem harmoniosamente desde que um nao invada o espaço do outro.
ninguém é 100% perfeito.
nada é 0 ou 1. um meio termo sempre existirá para os sábios.
sei o significado da minha existência para cada um dos mortais que vivem comigo.
sei o "meu lugar"!
descobri muito cedo que não consigo viver em segundo plano.
que preciso de ar.
que preciso de honestidade.
que preciso "do primeiro lugar" e não medalhas por participação!
fui criada para luta.
fui esculpida para enfrentar fracos e fortes.
sou inquieta.
sou um perigo.
não me prenda "nas possibilidades..."

nem abraços .. nem beijos ..nem bom dia ..nem boa noite ..nem flores ..nem te amo ...

me ofereça a verdade que serei mais feliz...
24 de jul de 2011

Me obedeça e tudo ficará bem



Me obedeça e tudo ficará bem.

Ouvi de uma amiga nesta semana esta frase dita pelo homem que ela "supostamente" ama e que afirma ser ela uma pessoa importante para ele!

Me obedeça e tudo ficará bem.

E

Quando o amor começa a neutralizar suas decisões... Seu jeito de ser... Seus sonhos...
Quando o amor começa a "permitir" mais do que dividir...
Quando o amor começa a dar mais espaço para "a mesma vida de sempre"...

E

Quando você começa a se sentir mais parte do outro do que você mesma..

Quando você permite errar em nome do amor...

Quando você aceita o mínimo pq o máximo lhe será sempre negado...

Quando o que você tinha já não é mais suficiente...

Quando o "amor" alimenta a alma e o corpo mas você simplesmente não percebe que se perdeu...

E

Quando o amor diz : Me obedeça e tudo ficará bem???



Ps.: Amiga A. desculpa.. acho q deveria ter lhe dito isso..


20 de jul de 2011

O Y da questão...



Um amigo mandou-me este "esquema"... Atentem a ele...
Não lhe disse que "pessoalmente" tive algumas discordâncias.
Há "Ys" demais no desenho. Os "Ys" são na verdade escolhas, pressuponho. Possibilidades. Caminhos.
Na vida não temos tantas escolhas assim... Na minha pelo menos..
Algumas coisas são "simplesmente" impostas pelo destino.
Outra coisa é que me auto intitulei o "braço errado" do Y.
Esta sensação foi marcante em mim quando analisei o tal desenho.

Fui certamente o "braço errado" do Y para algumas pessoas.
Que pena!!!
Mas devo ter sido o certa para outras. Enfim.
O que me intriga é saber [pelo esquema!] que a vida sempre "recomeça" com novas escolhas.

"Novos" caminhos.
Será?
Temos realmente este "poder" de decisão?
Tipo: hoje vou por aqui... Amanhã vou por ali...
E voltar atrás? De volta para o ponto de partida?

Podemos?
Já aviso que não costumo voltar...
Não costumo me arrepender!
Ok. Costumo "repensar"...

Mas daí a sofrer por uma decisão equivocada... NOT!

Tipo: Ai eu deveria ter ido "pelo outro braço do Y"! AH...
Não eu! Sou a razão da emoção.
Emoções são "circulares...” tipo a Letra O!
Você entra e não consegue sair!
A razão é apenas a boa e velha Letra I. Você esta aqui.. e POF! Logo estará lá. E fim!

Essa coisa toda de Y me confunde.
Ainda mais depois que cogitei ser o "braço errado" da tal letrinha para algumas pessoas.
Desgraceira de vida...
Saco de Vida.
Viva a letra "I" !!!
Você começa. Vive. Segue. E termina se tiver que terminar. Tudo em linha reta. Você enxerga o horizonte.
Desculpa "amigo". Deveria ter lhe dito isso ao vivo.
Certamente um dia você lerá este texto...

Um beijo.
TA.
Liz.
13 de jul de 2011

O homem imaginário / Conto de Fadas... ou a Grande Mentira do Século?


Conto de Fadas... ou a Grande Mentira do Século?
Nós mulheres nascemos para amar.
Oi?
É o que dizem.
Amar...
Filhos...
Casa...
Casar...
Acasalar...
Uma infância recheada de ideais.
A mulher perfeita alimentada com toddynho e frutas frescas.
Eu escrevi "frescas"?
Cérebro treinado para "não perguntar"!
(Como?)
Corpo esculpido para "ser desejado"!
Voz sempre mansa para acalmar... acalentar... compreender...
Perfume de flor.
Pele lisinha.
Alma casta.

Mulher perfeita.

Para um homem imaginário.
Ou seria Invisível?
11 de jul de 2011

Hipocrisia Humana

A felicidade é em gotas.
Certa vez li isso num destes livrinhos pequenos que cabem na palma da mão e pensei: Gotas? Somente Gotas?
Pois bem...
A felicidade como todos almejamos NÃO vem em gotas.
Ela simplesmente NÃO vem.
A felicidade como sonhamos.. aquela de propaganda de margarina ou pasta de dentes NÃO existe.
A casinha perfeita. A esposinha perfeita. O  universo perfeito. O maridinho perfeito. Blá Blá Blá .. Blergh!
Desculpa se acabei com seus sonhos.
Aliás... uma revelaçao à mais neste texto: SONHOS não existem.
O que você "pensa" e "projeta" na noite ao deitar são apenas reflexos involuntários de uma mente ainda em estudo [os cientistas não desvendaram o cérebro humano na íntegra!].
Ahhhh!!!! Mas os mais ingênuos, prontos para acabar com a minha teoria, diriam: Mas e meus desejos? Tudo aquilo que eu planejo para a minha vida ser um sucesso? O que são senão sonhos?
Eu vos digo: SÃO APENAS IDEIAS.
Nada mais.
Essas ideias necessitam de dedicação, de coragem, de disposição.
Assim como a felicidade. Esta é quase um orgasmo. Acontece. E fim. Você apenas sabe que foi feliz.. mas já não tem certeza se continuará sendo.
Hipocrisia achar que tudo pode ser lindo e em tons pastel.
A vida não pode ser tratada como um quadro de Monet.
Nem podemos considerá-la demais, super estimar a vida... a sua vida.. a minha vida.. a vida de quem quer que seja é igualzinha. Respiramos, comemos, choramos, rimos, xixi, cocô.. tudo igualzinho... até na morte!
Somos tamagotchi ...
Ninguém é melhor que ninguém..
A grama do vizinho não é mais verde que a minha... [até pq na minha casa não tem grama!]
Meu marido não é o melhor do mundo.. nem o seu.. nem você que esta lendo este texto e pensando que estou/sou revoltada.
Não sou a mais linda da paróquia.. nem você é o mais inteligente dos mortais.
Somos todos humanos.
IGUALZINHOS.
Ok.
Tenho que concordar com George Orwell [A Revolução Dos Bichos] :  “Todos os animais são iguais, mas alguns animais são mais iguais que outros”.
Acho que encerro bem este meu desabafo sobre a hipocrisia humana!

Ps.: Sim.. Escrevi tudo isso pq estou cansando...
10 de jul de 2011

Ansiedade




Pessoas calmas demais me deixam nervosa.

Sou, na verdade, uma pessoa agitada.

Vivo com o coração na boca!

Não sei se um dia consegui ficar calminha.

Quieta.

Acho que nunca.

Ai você olha para o mundo e percebe que um zilhão de mortais fica tranquilamente parado na fila.

Não buzina no trânsito.

Não reclama de perguntas idiotas.

Consegue almoçar em paz sem olhar e-mails entre uma garfada e outra.

Nem ficar ligando para casa de hora em hora para certificar-se de que a vida segue sem sua presença.

Pessoas que conseguem respirar naquele ritmo [o principal..] inspirar / expirar em paz!

Eu não..

Sou do tipo de pessoa que não sabe ainda como e nem pq o dia só tem 24 horas...

Uma falha imperdoável na fabricação do tempo...

Eu simplesmente não consigo assistir um filme no cinema sem pensar que aquele pode ser um tempo perdido e precioso.

Também não consigo ter paciência para ouvir a história do porteiro.. Nem da faxineira.. Nem do gerente do banco.. Nem.. Nem.. Nem de ninguém..

Ok.. Ok.. Alguns mortais [poucos!] conseguem minha atenção...

Mas estes não contam.. Me amam.. Me entendem...

Sabem do meu limite de tolerância..

Da minha "ansiedade"...

Não gosto de esperas.. De incertezas.. Nem de coisas "mais ou menos"...

O mundo deveria saber que A VIDA não é mais ou menos...

A VIDA ou É ou NÃO É! E fim!

Me agonia perceber que tudo nem sempre pode ser do meu jeito.

Isso me consome.

Tenho vontade de "sacudir" o universo e dizer: POHA! VÊ SE ANDA LOGO COM ISSO!

[perdão pelo POHA!]

Vivo no limite de quase tudo.

Faço mil coisas ao mesmo tempo sem dó nem piedade.

Se eu sofro com esse meu jeitinho?

Simmmmmmmmmmmmmmmm!

Mas não sei ser diferente!
Vem dai minha insônia.
Minha inquietude.

Ansiedade é algo que você administra...

Ou morre!


28 de jun de 2011

Só isso...


Quase não dormi a noite passada...
Tinha uma angustia inexplicável...
Os pensamentos eram os mesmos já conhecidos na minha inseparável insônia.
Apenas algo novo.
Um aperto e um medo.
Dormi.
Duas ou três horas... no máximo.
Às 5 da matina estava tão desperta que quase podia dançar frevo não fosse o frio de 4ºC.
Fiquei na cama... quietinha!
Às 7:00 a resposta do "meu aperto" : "Liz, uma emergência com minha mãe..."
Era a mensagem no celular que sentenciava meu dia à um abismo...
Não lembro o que pensei..
Só lembro de num salto correr para o chuveiro e,no frio congelante, deixar a água fervendo correr pelo corpo.
Lá chorei um pouco...
Rezei.
Respondi a mensagem: "Que hospital? Posso fazer algo?"
O que dizer para alguém numa situação como esta?
Depois tentei seguir a vida...
Não consegui..
Fui numa igreja...
Lá, por mais gelado que o dia estivesse, encontraria calor!
Ledo engano.
Lembro de caminhar pelas ruas com o vento gelado no rosto e de novo chorar...
Um misto de impotência e medo..
Vocês não vão entender este meu mimimi..
Nem precisam...
Só queria que soubessem que eu sou de carne e osso..
Sou humana..
Que amo...
Que choro..
Que rio..
Que sou feliz e triste..
Que sonho...
Não sou assim tão forte quanto a leoa do meu texto anterior...


Só isso..


26 de jun de 2011

Sou uma Leoa



Sou uma leoa.
Sei bem o meu papel aqui na selva...
Nada de ficar pegando Sol...
Catando ervinhas aqui e ali...
Lambendo o pêlo...

Posso matar para comer.
Alimento o Rei!!!
Não dependo dele.

Cuido da prole.

Mato predadores.

E sou linda.
Magra.
Ágil.
Atenta.

Ao sinal de perigo.. Nhac!

Reflitam...
Quem manda mesmo nesta savana?
19 de jun de 2011

Tudo simples no complexo


Quando será que cansamos de viver?
Não tenho pressa de morrer..
Amo minha vida.
Minha familia.
Meus amigos.
Amo meu trabalho.
O que conquistei.
Mas canso às vezes de lutar.
Acordar e seguir às vezes é qse um martírio.
Não reclamo do que vivo.
Apenas canso.
Queria poder fazer diferente.
Ser diferente. Amar diferente.
Rir diferente. Chorar diferente.
Uma outra vida entende?
Com todas as coisas boas e todas as coisas nao tão boas da minha vida...
 mas vivida em outra vida!
Sei que é confuso.
Parece surreal.
Mas nao é para mim.
Tudo tao claro.
Queria acordar e POF! lá "eu outra pessoa".
Tudo igual no diferente.
Tudo na ordem da desordem.
Tudo simples no complexo.
16 de jun de 2011

Eu é que agradeço a oportunidade de ajudar!


Ninguém pode imaginar na íntegra a vida do outro.
Não há menor possibilidade disto ocorrer neste mundo que vivemos.
Hoje [ontem.. já passou da meia noite] foi um dia complicado.
Desses que a vida se encarrega de rechear de coisinhas chatas...
Resolvi seguir a  risca o "Manual da Mulher Independente" e ir trocar discos e pastilhas de freio [se vc, assim como eu, nao sabe o que é... GOOGLE salva!]
Tudo ia bem até começarem os problemas.. sempre assim..
O que era para ser a assinatura da carteirinha de sócia do Clube das Mulheres Independentes se tornou num martírio que nem uma boa massagem resolveria.
Moça, tem que trocar pneu...
Moça, tem que trocar amortecedor...
Moça, tem um vazamento aqui... e isso é grave!
Moça a conta é R$1300,00.
Nesta altura a "moça morta".. gritava por socorro.
De tudo o que o "moço" me dizia eu só processei o "tem um vazamento aqui... e isso é grave".
Foi assim que descobri que havia um vazamento na minha vida... e que isto era realmente grave.
Sai de lá me sentindo meio inutil.
Ofuscada pelo  brilho "opaco" do macacão do mecânico.
Ele colocou um punhal no meu peito...
Suas palavras [agora "mantra"] já faziam parte daquilo que chamo de cérebro...

"Tem um vazamento aqui... e isso é grave"...

Minha vida realmente foi se "esvaindo" ao longo destes anos [nao direi qtos nem que me escalpelem!]...
Um vazamento que não consigo estancar...
De coisas que sonho..
Planejo..
Desejo..
Organizo..

Neste mesmo dia recheado de coisinhas chatas recebi uma ligação...
Uma pessoa que não conheço pessoalmente e que gentilmente, por amor e fé, se disponibilizou a "torcer" por mim e minhas gurias...
E isso, sinceramente, não quero deixar escapar.
Não posso deixar "vazar" o que a vida vem gentilmente me proporcionando ...
Momentos mágicos como este em que esta pessoa, chamada Helena, do outro lado da linha me puxa de volta daquele abismo que volta e meia insisto em me enfiar.

Disse ela: Eu é que agradeço a oportunidade de ajudar!

E foi assim... que substitui o mantra do mecânico "tem um vazamento aqui... e isso é grave" pela mágica oração da Helena "Eu é que agradeço a oportunidade de ajudar!".

Lamento Helena.. não sou assim tão pura e doce quanto você é ...e imagino pela atitude de doação e amor... mas saiba que luto diariamente para não deixar que mais vazamentoss acabem de vez com o que realmente sou de melhor...

Eu te agradeço sim em nome da Toni.

Liz.
12 de jun de 2011

Nunca...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by YummyLolly.com