28 de ago de 2010

quem pode explicar o que acontece?



ás vezes eu vejo alguma imagem então salvo com a expectativa de escrever algo sobre...
foi isso que aconteceu com estas "moranguinhos".
doce encantamento de minha infância ela, a "moranguinho" assim como eu, se transformou.
e não gostei [prá variar] do que vi!
algumas mudanças não deveriam acontecer na vida.
não falo de rugas no rosto,
falo de algo bem mais concreto
lá... do alto de seus 5 ou 6 anos sua vida inteirinha
já esta planejada
você vai se casar com o menino de óculos da 2ª série
terá dois filhos lindos
será uma renomada médica
sua casa será maravilhosa
e claro,
você será "FELIZ".
não sei onde a história se torce toda e tudo muda...
o menino deixa de usar óculos, talvez
medicina não é a melhor opção, quem sabe...
filhos? hummmm ... sei não
o fato é que o rumo muda!
mas, fala sério... não estava tudo tão certinho?
tudo tão planejado e organizado?
pq diabos tinha que mudar...
principalmente a parte do ser "FELIZ"?
quem pode explicar o que acontece?

2 comentários:

Elenara Stein Leitão disse...

Rotina...fórmula para resgatar o encantamento pela vida, pelo parceiro, por si mesma ? Não existe...cada um sabe a sua maneira.
Vou colocar aqui o que escrevi no meu blog um tempo atrás:
Contadoras de histórias, nossas, de outras mulheres, de nossas mães e filhas, somos repositórios de vidas e esperanças. Abnegadas, cordatas, eficientes, inteligentes, somos a resposta de muitas indagações, a salvação de muitos problemas, a que resolve, a que socorre. Mesmo a custa de nossa força interna, de nossa seiva vital. Nosso grito interno que uiva, que grita e nos chama de volta ao lar ancestral que nos liga à lua, que nos faz sangrar em suor, sangue e lágrimas, força úmida que borbulha em nossas veias. Somos fé e colo, somos agasalho e abraço. Somos aconchego de carências alheias e respiramos fundo a nossa própria. Somos mulheres que gritam, mesmo que sem voz, que suspiram sonhos que jamais compartilharão, que são animal e instinto. Somos gente.

E para que nunca fiquemos muito longe de nosso bando, convém não esquecer das normas gerais para a vida dos lobos.

1.

COMA
2.

DESCANSE
3.

PERAMBULE NOS INTERVALOS
4.

SEJA LEAL
5.

AME OS FILHOS
6.

QUEIXE-SE AO LUAR
7.

APURE OS OUVIDOS
8.

CUIDE DOS OSSOS
9.

FAÇA AMOR
10.

UIVE SEMPRE


: (Mulheres Que Correm Com Os Lobos - Clarice Pinkola Estés)

Liz disse...

adorei e chorei elenara... cm pode ser assim tão simples e a gente complicar tanto... um bj

Postar um comentário

Obrigada pela curiosidade...
minhas palavras são sinceras.
Reflexo do que vivo, ouço, vejo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by YummyLolly.com