26 de fev de 2012

A Verdade Sobre Mim

Nunca estive tão infeliz.
Estas infelicidades que tomam a vida da gente. Sabemos a razão. Sabemos onde e quando começou. E como num labirinto de dor e angustia você não encontra a saída. Não sei se todas as minhas lágrimas escondidas podem afastar-me do caminho de volta ou avançar na direção certa. Sei somente que choro e ninguém vê. Se vissem o que diriam? Nada. 


Ninguém nunca tem nada novo para dizer ao ver alguem em pleno sofrimento. Palavras soltas apenas do tipo: Chora que faz bem!!! O fato é que dói. Dói mesmo. Maldito o dia em que deixei de viver minha vida para viver por outras pessoas. Agora não sei o caminho da saída. Não tô nem ae se vocês me condenam... sentem pena... ou riem!!! 


Não vou mais guardar uma tristeza só pq ser feliz é uma obrigação coletiva. Quem tem coragem como eu deveria fazer o mesmo. Cansei de rezar para os santos errados. Cansei de pedir e agradecer pelo que sempre foi meu de direito. 


To querendo agora só descansar dessa dor.

2 comentários:

Vany Laubé disse...

Minha rainha dos cachos de ouro... supertriste de te ver assim, sem vontade que querer cantar uma canção... me conta, em que eu posso te ajudar? Não posso te prometer sair daqui para vê-la agora, mas posso te ouvir, quem sabe te ajudar... conta comigo. saudade. beijo, Vany

Crisminiaturas disse...

"Sei somente que choro e ninguém vê." Nossa, foi direto no coração essa. E se vissem, fingiriam não ver. É o desconcerto da impotência.

Postar um comentário

Obrigada pela curiosidade...
minhas palavras são sinceras.
Reflexo do que vivo, ouço, vejo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by YummyLolly.com