15 de set de 2009

Sou a certeza de minhas incertezas.


Quando criaram o tal ditado "há uma luz no final do túnel" não imaginaram que trens, trilhos e túneis seriam raridades nos dias de hoje... por conta disso a luz lá no fim, também.

Que seja.

Estarei imaginando um brilhinho miúdo próximo das minhas mãos.

Bastando esticar os braços.

Quem tem a sorte de pensar, se dá ao luxo de imaginar.

Frases assim, desconexas para os arrogantes soam como sonetos para os sensatos.

Já dizia Luther King "O que me preocupa não é o grito dos maus. Mas o silêncio dos bons".

Então não me calo.

E falo com ânsia de me fazer ouvir.

Já que gritos são silenciosos demais...

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela curiosidade...
minhas palavras são sinceras.
Reflexo do que vivo, ouço, vejo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Blog Template by YummyLolly.com